voltar
FALTAM
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Encontro Estadual de Educação Física entra na segunda etapa com oficinas temáticas

Por Ítalo Marcos
- 08/10/2019 12:51:00
217 acessos imprimir

 

Cursos são voltados para os conteúdos do Currículo de Sergipe

 

Cerca de 200 pessoas, entre professores das redes estadual, municipal, particular, federal e acadêmicos estão participando da segunda e última etapa do XX Encontro Estadual de Educação Física. Essa fase teve início na segunda-feira, 7, e se encerrará na quarta-feira, 9, contando com cursos e oficinas diversas ministradas por profissionais da área. Promovidos pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por intermédio do Departamento de Educação (DED) e Superintendência Especial de Esporte (Supee), os cursos visam levar aos participantes conhecimentos sobre a Educação Física no Currículo Sergipano.

 

Nesta terça-feira, 8, foram ministrados seis cursos, todos na Faculdade Maurício de Nassau, em Aracaju. As oficinas foram: Ginástica Geral, Lutas do contexto comunitário e regional, Práticas corporais de aventuras urbanas, Esporte de campo e taco, Danças do Brasil e do mundo de matriz africana e indígena, e Brincadeiras e jogos da cultura popular presente no contexto comunitário e regional.

 

De acordo com a professora Marilene Mendes da Costa Giglio, técnica do Departamento de Educação da Seduc, durante esses três dias os cursos irão abranger todo o conteúdo de Educação Física do Currículo de Sergipe. “Esse evento é importante por conta da implementação do Currículo de Sergipe, que é o foco principal da Seduc. É preciso alinhar os conteúdos para que sejam oferecidos de maneira unificada a todos os alunos em todas as redes de ensino. Após o encontro, a gente pretende continuar com formações para que os professores iniciem o ano de 2020 com os planejamentos alinhados ao Currículo de Sergipe”, disse.

 

Oportunidade de formação

 

Os participantes destacaram que os cursos ministrados nesses três dias são uma grande oportunidade de formação profissional e acadêmica. Foi o caso de Everton da Silva Santos, professor na Escola Estadual Jornalista Célio Nunes, em Nossa Senhora do Socorro, que participou da oficina de Ginástica Geral. “Desde quando eu entrei na rede estadual procuro estar sempre me capacitando. Esse encontro recicla os nossos conhecimentos e é importante para que a gente possa colocar em prática na sala de aula. É necessário que todos os anos esse encontro aconteça, pois é também um momento de interação entre os profissionais de educação física, e essa troca de experiências entre nós é muito importante”, afirmou.

 

Já a professora Karina Silva Araújo ensina no Colégio Estadual Deputado Joaldo Vieira Barbosa, em Salgado, e participou da oficina de Lutas Regionais. “Essa é uma oportunidade que estamos tendo de passar por uma formação continuada, já que, geralmente, para fazer qualquer curso precisamos sair do Estado. É um aprendizado que estamos tendo de forma gratuita e de qualidade. O que me levou a escolher lutas regionais foi devido à dificuldade na minha graduação, na qual não tive a oportunidade de ver todas as lutas. Aqui é uma chance de buscar conhecimentos sobre como trabalhar com meus alunos as lutas de uma forma geral”, declarou.

 

Rebeca Gomes Brito do Amor é professora do Colégio Estadual Comendador Calazans, em Santa Luzia do Itanhy, e escolheu participar da oficina Brincadeiras e Jogos. “Aqui é onde a gente se reúne para falar das nossas vivências, porque lá na escola muitas pessoas não entendem bem a nossa área. Durante o encontro a gente se reúne, compartilha, consegue sentir que está desenvolvendo um bom trabalho. Saímos daqui com novas perspectivas de fazer com que a Educação Física seja útil e não apenas algo secundário”, disse.