voltar
FALTAM
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Rede social estimula boas práticas no Colégio Estadual Dr. Carlos Firpo

Por Leonardo Tomaz
- 14/08/2019 16:18:00
527 acessos imprimir

 

Com o objetivo de fortalecer o diálogo entre aluno e equipe diretiva, a diretora do Colégio Estadual Dr. Carlos Firpo, em Barra dos Coqueiros, professora Tainah Felix, criou um perfil no Instagram para conversar e aconselhar os estudantes. Com resultados que surpreendem, o canal de comunicação se tornou uma das principais formas de aproximar e estimular as boas práticas na unidade de ensino, dando voz e tornando o aluno mais protagonista.

 

"O @ribalta_firpo foi pensado para tornar o aluno mais responsável quanto às questões escolares. Desta forma, eles utilizam esse canal para sugerir, criticar e cobrar alguma demanda para a escola. Além disso, o espaço é aberto para aconselhamentos, no qual eles expõem assuntos como problemas com a família, saúde mental e situações que acontecem na própria escola. Eles são muito transparentes nesse sentido, e isso nos deixa felizes porque o objetivo do perfil é justamente fazer com que eles tenham voz e atitude em querer o melhor para sua comunidade", explicou Tainah, que administra o perfil e utiliza a hashtag #DeFrenteComaDiretora para o diálogo com os estudantes na rede social.

 

A estudante Mirelly de Oliveira Barreto, do 2º ano,  aprova a iniciativa. Para ela, a relação entre a diretora e alunos melhorou muito. "É uma alternativa que facilita a comunicação porque às vezes a gente precisa tirar uma dúvida ou esclarecer informações sobre a aula, e o perfil está a nossa disposição. Foi uma ideia fantástica", disse a aluna.

 

Sara Silva de Jesus compartilha da mesma opinião. A estudante do 2º ano afirma que "é um canal através do qual a gente tem acesso a informações importantes sobre nossa escola, como projetos e atividades que contam com a participação de todos".

 

Estratégias de aproximação

 

Ainda de acordo com a gestora, outras estratégias são utilizadas para aproximar os estudantes. "A gente também utiliza esse espaço para mostrar os projetos que são desenvolvidos a fim de que os alunos se sintam mais representados. E é nessa perspectiva que é inserido o termo Ribalta, que trata de luzes utilizadas em apresentações teatrais para focar nos atores em cena. Quem está no palco não vê quem está na plateia. E o intuito desse canal é justamente este: possibilitar que o aluno faça, dê o seu melhor sem saber para quem é, influenciando toda a comunidade escolar", disse a gestora da unidade de ensino.

 

Para divulgar as ações, a diretora utiliza ferramentas do próprio Instagram, como transmissão ao vivo, interação nos stories, com caixa de perguntas. "A gente tem uma resposta muito positiva a respeito dessas ferramentas", completou.

 

Aconselhamento

 

Precisando de aconselhamento, a aluna Dorgivania Vitória dos Santos não teve receio e procurou ajuda na rede social. Ela conta que a diretora soube conduzir com muita sensibilidade suas dúvidas. "Houve uma época em que eu estava passando por momentos difíceis e a diretora me ajudou a superar. Lá ela me indicou alguns livros, vídeos e disse que aquilo de que precisasse, poderia procurá-la".

 

O estudante Thiago Kauã Vieira Correia também aprova a iniciativa. Ele disse que os alunos têm autonomia para poder sugerir. "A gente pode tratar de qualquer assunto e isso ajuda de forma significativa no nosso desempenho aqui na escola", concluiu.