voltar
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Mais de 1.751 jovens e adultos foram certificados através do Encceja 2018

Por Ascom/ Seduc
- 15/03/2019 14:53:00
289 acessos imprimir

O exame é anual e dá oportunidade para aqueles que não concluíram os estudos na idade apropriada

Já faz dois anos que o certificado do Ensino Fundamental e Médio pode ser adquirido através do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Só em 2018, a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) certificou 1.751 jovens, 133 destes no Ensino Fundamental e 1.618 no Ensino Médio.

O Encceja é direcionado aos jovens e adultos, inclusive às pessoas privadas de liberdade que não concluíram os estudos na idade apropriada para cada nível de ensino. Para obter a certificação do Ensino Fundamental, é preciso ter pelo menos 15 anos completos no dia da realização do exame, e para a certificação do Ensino Médio, é preciso ter 18 anos completos no dia da realização do exame.

O coordenador do Diex, Edson Aragão, ressalta a importância do exame. “É uma oportunidade ímpar para todos os jovens e adultos, porque se trata de uma avaliação que oportuniza aqueles que não tiveram acesso à escola em idade regular, facilitando, assim, o ingresso e a vida no mercado de trabalho, e em nível de etapa, para quem quer cursar o ensino superior. ”

As pessoas privadas de liberdade (PLL) também realizaram a prova. Em 2018, foram feitas 324 inscrições, sendo 206 para o Ensino Fundamental e 188 para o Ensino Médio, mais que o dobro de 2017.

O coordenador do Serviço de Educação de Jovens e Adultos (SEJA), Vlademir Santos, explica que o Encceja é uma forma de reinserção no mercado de trabalho. “Através da certificação ele vai poder ingressar em outros cursos de capacitação ou de qualificação e até mesmo, com a certificação do Ensino Médio, pensar no ingresso no ensino superior. ”

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) é responsável pela divulgação do exame e pela certificação dos alunos em Sergipe, após o resultado divulgado pelo MEC.

A jovem Janeide de Souza Marques, que fez a prova no ano passado e recebeu a certificação do Ensino Médio, conta como o exame possibilitou sua entrada no nível superior. “Fui aprovada no curso de Farmácia na Faculdade Maurício de Nassau e na Universidade Tiradentes (Unit). Pelo Enem, a minha pontuação possibilita estudar Serviço Social na Universidade Federal de Sergipe (UFS). Com a certificação poderei cursar o terceiro grau", declarou.
 
Inscrições 2019

As inscrições para o Encceja 2019 ocorrerão entre os dias 20 e 31 de maio. Quem se inscreveu em 2018 e não pôde comparecer, poderá justificar a ausência para a participação em 2019, entre os dias 15 e 24 de abril, anexando documentos que comprovem motivo justo.

As provas serão aplicadas em 4 agosto, tanto para o ensino fundamental, quanto para o ensino médio. O cronograma das outras aplicações do Encceja PLL e Exterior serão divulgados posteriormente.

Como funciona o Encceja

As provas são aplicadas anualmente em quatro etapas/momentos, com editais e cronogramas diferentes, são eles: o Nacional para residentes no Brasil; o PLL para pessoas privadas de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas; o Exterior, para brasileiros residentes no exterior e o PLL exterior, para pessoas que moram no exterior e são privadas de liberdades ou cumprem medidas socioeducativas.

São quatro provas objetivas, com 30 questões de múltipla escolha, além da redação, que deve ser desenvolvida no gênero dissertativo-argumentativo, com um tema pautado em relevância social, cultural ou política. Para obter o certificado, o candidato tem que alcançar uma pontuação mínima de 100 pontos em cada prova. Já a redação tem a pontuação de 0 a 10, e para o candidato ser aprovado, ele precisa atingir pelo menos 5 pontos.

Para o Ensino Fundamental, as disciplinas abordadas são: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Arte, Educação Física, Redação, Matemática, História, Geografia e Ciências Naturais.

Já para o Ensino Médio, são: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias.