Notícia do Portal

09/01/2018 14:50 (443 acessos)

Ensino Integral: Seed inicia fase de entrevistas do PSS de professores e equipes gestoras

No total, mais de 1.120 professores efetivos do Magistério da Rede Pública Estadual se candidataram para tentar uma das pouco mais de 400 vagas disponibilizadas para esses profissionais atuarem como professores, gestores, coordenadores e secretários escolares das 25 novas escolas de tempo integral da rede estadual

 

Nesta segunda-feira, 8, a Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio do Núcleo Gestor de Escolas em Tempo Integral (NGETI), deu iniciou a 2ª Etapa de seleção do Processo Seletivo Simplificado (PSS) Nº 31/2017, destinado ao preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva para professor, gestor, coordenador e secretário de Educação Básica em 25 novos Centros de Excelência de Ensino Médio (CEEM), de acordo com o Programa Estadual de Ensino Integral - Escola Educa Mais.

 

Iniciada em 2017 com a implantação de um modelo exitoso de educação integral em 17 unidades escolares, a expansão do Programa Escola Educa Mais, do Governo de Sergipe, chega a mais 25 escolas estaduais de ensino médio este ano, totalizando 42 escolas de tempo integral funcionando na rede estadual, em diversos municípios e regiões do Estado.

 

Convocados por meio do Edital º 31/2017 para a Etapa de Entrevistas, com data, horário e local previamente agendados na convocação, todos os candidatos aprovados na 1ª Etapa desta seleção - que consistiu na análise e avaliação de currículo -, serão entrevistados até o próximo dia 26 pela Comissão Especial do PSS, cujos integrantes foram responsáveis também pelas avaliações da primeira fase.

 

De acordo com a professora Franci Alves, coordenadora do NGETI/Seed e presidente da Comissão Especial do PSS Nº 31/2017, as entrevistas duram em média 20 minutos e são conduzidas de modo a possibilitar que os avaliadores possam verificar a evidência, ou não, de alguns quesitos por parte dos candidatos, "como o nível de compreensão demonstrado quanto à metodologia do programa, seja no aspecto pedagógico, seja quanto à gestão escolar", pontua.

 

Segundo a coordenadora do Núcleo Gestor de Escolas em Tempo Integral da Seed, quase a totalidade dos profissionais do Magistério da Rede Pública Estadual lotados nos colégios estaduais que aderiram, por meio de seus Conselhos Escolares, ao Programa Estadual de Ensino Integral, candidataram-se a uma das vagas para atuar na Equipe Gestora ou na Regência de Classe, a partir do Ano Letivo 2018, nos 25 novos Centros de Excelência de Ensino Médio. "Alguns profissionais lotados nas escolas que foram transformadas em CEEM optaram por não aderir ao programa por terem dois vínculos, muitas vezes em redes distintas, e preferir mantê-los separados", explica Franci.

 

Seleção

 

A presidente da Comissão Especial do PSS destaca ainda que os candidatos aprovados e convocados para a 2ª Etapa da Seleção são avaliados, em caráter eliminatório e classificatório, de acordo com o Edital, quanto a facilidade de comunicação; flexibilidade, adaptabilidade e disposição para mudanças; capacidade de liderança e trabalho em equipe; e características que demonstrem pró-atividade e autodesenvolvimento.

 

Enquanto aguardava o horário agendado para sua entrevista, a professora de Língua Portuguesa, Ana Maria Santos de Jesus, integrante do quadro efetivo do Magistério Estadual desde 2013 e atualmente lotada no Colégio Estadual Ofenísia Freire, em Aracaju, afirmou que se candidatou a uma vaga para atuar na regência de classe no CEEM "Leandro Maciel", localizado também na capital, por acreditar que o modelo de ensino integral proposto pelo governo estadual pode contribuir significativamente para o sucesso do aprendizado dos alunos.

 

"Eu amo ser professora e atuo como articuladora do Programa Ensino Médio Inovador na minha escola buscando sempre estimular o protagonismo juvenil. Percebo em mim o perfil para trabalhar dentro do Programa Escola Educa Mais, o qual acredito que possibilita melhores condições na formação dos jovens", salientou Ana Maria.

 

Professor do Colégio Estadual Nelson Mandela há 13 anos, Renisson Nunes possui dois vínculos nesta unidade escolar, que a partir do início do ano letivo 2018 será transformada em Centro de Excelência em Ensino Médio. Por concordar com a adesão da escola ao Programa Escola Educa Mais, inscreve-se no PSS Nº 31/2017 e, convocado, participou da Etapa de entrevistas da seleção.

 

"É um projeto novo, que nos causou certo receio inicialmente, mas é também um novo desafio para enfrentarmos enquanto educadores. O governo deu a escola a oportunidade de aderir ao programa e, por ter meus dois vínculos na unidade, optei por me candidatar a uma vaga para regência de classe e permanecer no CEEM Nelson Mandela", destaca o professor.

 

PSS Ensino Integral

 

Puderam se candidatar para atuar na Equipe Gestora ou em Regência de Classe nos Centros de Excelência de Ensino Médio da Rede Pública Estadual, em conformidade com o Programa de Educação em Tempo Integral, os profissionais lotados, exclusivamente, na Diretoria de Educação de Aracaju (DEA) e nas Diretorias Regionais de Educação (DRE 1, DRE 2, DRE 3, DRE 4, DRE 5, DRE 6, DRE 7, DRE 8, DRE 9).

 

Foram disponibilizadas vagas para as funções de professor das seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Arte, Educação Física, Língua Estrangeira (Inglês e Espanhol), Matemática, Biologia, Física, Química, História, Geografia, Filosofia e Sociologia. Para atuar na equipe gestora, disponibilizou-se vagas para as funções de Gestor Escolar, Coordenação Pedagógica, Coordenação Administrativa/Financeira e Secretário Escolar.

 

 

Voltar à página anterior