Notícia do Portal

31/10/2017 16:22 (699 acessos)

Governo de Sergipe premia escolas e professores finalistas do Gestão Escolar e Professores do Brasil

O Colégio Estadual Dr. Milton Dortas foi o vencedor estadual do Prêmio Gestão Escolar 2017/2018 e representará Sergipe na etapa regional. O Prêmio Professores do Brasil elegeu os melhores relatos de experiências pedagógicas em seis categorias, dentre as quais os primeiros lugares em três delas foram conquistados por professores da rede estadual

 

Os melhores projetos de gestão escolar e as melhores práticas pedagógicas desenvolvidas por professores das escolas públicas sergipanas, que concorreram ao Prêmio Gestão Escolar 2017/2018 (PGE) e à 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil (PPB) foram conhecidos nesta terça-feira, 31. Em cerimônia oficial realizada no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, em Aracaju, o Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), premiou os vencedores da etapa estadual dessas duas premiações nacionais, promovidas pelo Ministério da Educação, com apoio de entidades parceiras, como o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

 

Em sua edição 2017/2018, o Prêmio Gestão Escolar, em Sergipe, foi entregue à gestora escolar do Colégio Estadual Dr. Milton Dortas, unidade de ensino localizada no município de Simão Dias e que a partir de 2018 iniciará a oferta do ensino médio integral no modelo do programa estadual Escola Educa Mais.

 

Todas as 42 escolas classificadas no Prêmio Gestão Escolar receberam, na cerimônia de premiação, certificados de participação na disputa em sua fase estadual. As 10 finalistas ganharam ainda um computador e uma máquina impressora, sendo que os três primeiros finalistas, além desta premiação conferida pelo governo estadual ter sido dobrada, receberam também brindes ofertados pela Faculdade Maurício de Nassau, parceira da Seed na realização desta premiação. A primeira escola classificada representará Sergipe na etapa regional que acontecerá nos dias 9 e 10 de novembro em Natal, no Rio Grande do Norte.

 

"Graças ao trabalho realizado pela Seed, Sergipe vem se destacando tanto regionalmente quanto nacionalmente nessas duas premiações e, como demonstração disso, tivemos em 2016, o então colégio e hoje Centro de Excelência Maria das Graças Menezes Moura, em Itabi, eleito como escola referência nacional em Gestão Escolar, em uma disputa com mais de 8.000 unidades escolares de todo país. Portanto, agradeço publicamente o empenho do professor Jorge Costa, coordenador estadual dessas duas premiações, e da sua equipe", afirmou o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, ao iniciar a cerimônia de premiação e desejar sucesso "aos gestores e professores que fazem a diferença".

 

Segundo o coordenador estadual do PGE e do PPB, professor Jorge Costa, comparado as edições anteriores, a Secretaria de Estado da Educação registrou esse ano uma quantidade maior de inscrições para estes certames. "As escolas públicas sergipanas que finalizaram o processo de inscrição no PGE 2017 e os professores que enviaram o registro de suas práticas para o PPB, por terem chegado até aqui, já são vencedores, pois isso é uma demonstração de compromisso com a gestão escolar", destacou, antes de anunciar os vencedores.

 

Professores do Brasil

 

Em sua fase estadual, sob a coordenação da Seed, o Prêmio Professores do Brasil 2017 foi entregue aos profissionais do magistério autores dos melhores relatos de práticas pedagógicas desenvolvidas com os alunos das escolas sergipanas em seis categorias: educação infantil - creche; educação infantil - pré-escola, ensino fundamental - ciclo de alfabetização (1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental); ensino fundamental - 4º e 5º anos; ensino fundamental - 6º ao 9º ano; e ensino médio. Nesta premiação, três professores da rede pública estadual conquistaram o primeiro lugar nas categorias as quais inscreveram os relatos de suas experiências pedagógicas.

 

Na categoria educação infantil - creche, venceu Sueli Alves, professora da Creche Jason de Gois da Silva (Nossa Senhora do Socorro), com o projeto "Do canto ao conto: estimulando o prazer pela leitura com bebês". Ela explicou que o projeto foi baseado em pesquisas e busca, por meio da música, contar histórias para desenvolver o gosto pela leitura nas crianças. "Essa conquista é um reconhecimento ao nosso trabalho, e serve também de estímulo aos demais professores da creche, que já demonstraram interesse em participar na próxima edição do prêmio", declarou Sueli.

 

A professora Edilma Silva Santos, da Escola Municipal Deputado Euvaldo Diniz Gonçalves (Areia Branca), venceu na categoria educação - pré-escola, com o projeto "Água: sem ela não vou existir".

 

"É uma emoção muito grande receber esse prêmio e poder socializar com outras pessoas o trabalho de uma vida inteira. O projeto "Lê Campo, o que eu li, ouvi e o que eu vi, foi grande conquista da escola e apresenta resultados práticos, pois hoje já temos uma pequena biblioteca e estamos formando novos leitores", ressaltou a professora Ozenilde de Souza Silva, da Escola Municipal Noruega (Lagarto), vencedora da categoria ensino fundamental - anos iniciais (ciclo de alfabetização 1º, 2º e 3º anos).

 

Professora das Escolas Reunidas 8 de Maio (Aracaju), Solange Melo conquistou o primeiro lugar na categoria ensino fundamental - 4º e 5º anos, com o projeto "A hora do conto dos pequenos contadores de histórias".

 

"Nos trilhos do patrimônio cultural: trabalhando com a cultura popular em sala de aula", é o título do projeto que conferiu à professora Janaína Couvo de Aguiar, da Escola Estadual Cônego Filadelfo Oliveira, em Laranjeiras, o primeiro lugar do PPB na categoria ensino fundamental - 6º ao 9º ano. "É o reconhecimento de um trabalho que não é fácil de ser feito. É o resulto de quem acredita que trabalhar a cultura na escola é transformador, e o resultado vejo todo dia em sala de aula", comemorou emocionada a professora Janaína.

 

Na categoria ensino médio, disputando com outros três finalistas, venceu o Fabiano Batista de Oliveira, professor do Centro de Excelência Dom Luciano Cabral Duarte, de Aracaju. O projeto inscrito, "Chico, Tom, Vinícius e Drumond - quatro SONS, quatro DOMs - o coração da literatura bate aqui", estimula os alunos a estudarem literatura a partir das composições de mestres da música popular brasileira. "É concretização de um trabalho realizado ao longo dos últimos anos na rede estadual junto aos alunos, a quem dedico este prêmio. É uma conquista não apenas minha, mas de toda equipe diretiva da escola", ressaltou o professor.

 

Prêmio Gestão

 

Realizado desde 1998 pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), o Prêmio Gestão Escolar visa estimular a melhoria da gestão das escolas públicas. Dividido em três etapas (estadual, regional e nacional), a premiação reconhece boas práticas, incentiva o aprimoramento dos processos de gestão e promove ações que possibilitem a troca de experiências entre gestores, multiplicando boas estratégias.

 

"Há dois anos, a equipe diretiva da escola, junto com os alunos e professores, vem desenvolvendo um trabalho planejado, com ações e estratégias voltadas para a melhoria dos resultados de desempenho da escola. Buscamos muito esse prêmio pelo caminho que temos trilhado", disse a professora Daniela Santos Soares, logo após levantar o troféu Destaque da premiação. Segundo explicou, um dos diferenciais que garantiram à escola tal conquista são os projetos desenvolvidos pelos professores da unidade de ensino, que envolve toda comunidade escolar do estadual "Milton Dortas".

 

Este ano, de acordo com Jorge Costa, 86 escolas se inscreveram nesta competição, sendo que 42 delas concluíram todo processo. O coordenador estadual do Prêmio Gestão Escolar salientou a importância deste prêmio ao destacar que a competição possui um instrumental de autoavaliação para as escolas, por meio da qual as instituições de ensino podem fazer um diagnóstico da sua situação em diversos aspectos, dentre os quais o pedagógico, o estrutural e o de desempenho dos alunos.

 

Concebido em 1998 e desde a primeira premiação, em 1999, o Prêmio Gestão Escolar vem ganhando reconhecimento da comunidade educacional brasileira. Ao longo de sua trajetória, aproximadamente 34 mil escolas de todas as regiões do país participaram do Prêmio.

 

Veja a lista de escolas por classificação:

 

1º - Colégio Estadual Dr. Milton Dortas

2º - Colégio Estadual Djanal Lobo

3º - Colégio Estadual João XXIII

4º - Colégio Estadual José de Matos Teles

5º - Colégio Estadual Dom Lucioano José Cabral Duarte

6º - Colégio Estadual Poeta Garcia Rosa

7º - Colégio Estadual Tobias Barreto

8º - Colégio Estadual Atheneu Sergipense

9º - Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho

10º - Colégio Estadual Manoel Messias Feitosa

Voltar à página anterior