Notícia do Portal

18/05/2017 15:38 (220 acessos)

Inscrições para o Enem finalizam nesta sexta-feira, 19

 

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2017, iniciaram no dia 8 de maio e finalizarão às 23h59 (horário de Brasília/ DF) desta sexta-feira, 19. O site oficial do exame continua disponível e as provas serão aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro, os dois primeiros domingos do mês.

 

Ao acessar o site de inscrição do Enem 2017, o candidato precisa ter em mãos os números do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e documento de identidade (RG - Registro Geral).

Além disso, cada participante precisa informar um endereço de e-mail e número de telefone celular pessoais e válidos. Ambos os meios serão utilizados pelo Inep no envio de informações referentes ao Exame.

 

Ao preencher a inscrição do Enem 2017, o participante deve prestar informações relativas à escolaridade, como nome da instituição do ensino médio, além de dados familiares, como endereço e número de membros da família.

 

Cada estudante precisa escolher qual a língua estrangeira de conhecimento (inglês ou espanhol) para as cinco questões que serão cobradas na prova.

 

Além disso, também é preciso indicar a cidade preferida do local de prova do Enem 2017. São mais de 1,5 mil municípios em todo o Brasil.

 

Os candidatos portadores de algum tipo de deficiência que necessitarem de tempo adicional nos dias de prova, deverão fazer tal solicitação no ato da inscrição. Para isso, é necessário inserir um documento que comprove o motivo do pedido.

 

Mudanças em 2017

 

A principal alteração é que as provas este ano serão aplicadas em dois domingos seguidos, dias 5 e 12 de novembro, e não mais em um único fim de semana.

 

A taxa de inscrição passou de R$ 68 para R$ 82, um reajuste de 20,5%. O pagamento deverá ser feito até o dia 25 de maio. Estão isentos alunos de escolas públicas concluintes do Ensino Médio em 2017, participantes carentes, de acordo com o cadastro no CadÚnico do governo federal e estudantes que se enquadrarem nas exigências da lei 12.799/2013, que trata das isenções em processos seletivos federais.

 

Até o ano passado, o pedido de gratuidade ocorria por meio de autodeclaração. Nesta edição, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) poderá consultar o cadastro do CadÚnico para verificar se o candidato cumpre com as exigências para isenção do pagamento da taxa. O participante que tiver sua solicitação de carência indeferida deverá gerar a guia de pagamento no site do Enem.

 

Outra mudança é que o candidato que solicitar a isenção e não comparecer nas provas, terá de anexar documentos que justifiquem a ausência para conseguir nova edição em 2018, como atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência. Antes, era necessário apenas justificar a ausência durante a nova inscrição.

 

Para candidatos que não se enquadram no atendimento especializado, mas precisam de algum recurso para a prova, devem incluir a opção "outra condição específica" durante a inscrição.

 

Para esta edição também houve alteração na ordem das provas. Linguagens e redação, que antes ficavam no segundo dia, agora passam para o primeiro dia de aplicação, juntamente com ciências humanas. No segundo dia, os candidatos responderão questões de ciências da natureza e matemática.

 

Outra mudança é que os candidatos receberão cadernos de questão personalizados, com o nome e número da inscrição, juntamente com o cartão de respostas. Até o ano passado, o cartão era entregue separado e os participantes precisavam fazer uma identificação de acordo com a cor da sua prova.

 

*Com informações do Inep

Voltar à página anterior