Notícia do Portal

10/03/2017 16:34 (11850 acessos)

Seplag e Seed abrem inscrições para PSS em Educação Especial

Professores deverão atuar na sala de recursos multifuncionais  e no auxílio a alunos surdos

 

As Secretarias de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), e da Educação  (Seed), divulgam edital para o Processo Seletivo Simplificado que visa contratação temporária de 43 professores de Educação Básica, que deverão atuar na área de Educação Especial.

 

As vagas são divididas em dois grupos, sendo 22 para atuação na Sala de Recursos Multifuncionais e mais 21 para ensino fundamental menor com alunos surdos. As vagas estão distribuídas por todas as Diretorias Regionais de Educação (DRE´s).

 

De acordo com Zélia Apóstolo, gerente geral de Recrutamento, Seleção e Acompanhamento de servidores do Estado, o PSS deve ocorrer de forma objetiva, para que os profissionais aprovados possam ingressar em sala de aula o quanto antes. "As inscrições iniciarão na segunda-feira, 13 e já no dia 03 de abril pretendentes estar fazendo a homologação do certame", explica.

 

A remuneração varia entre R$ 2.011,45 para 125 horas/aula, R$ 2.574,66, para 160 horas/aula e R$ 3.128,32.no desempenho da carga horária de 200 horas. O edital completo está disponível aqui.

 

Inscrições

 

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o portal da Seplag, onde constam o Edital, a Ficha de Inscrição on-line e os procedimentos necessários à efetivação da inscrição e upload da documentação.

 

A inscrição pela Internet estará disponível ininterruptamente, desde às 10 horas do dia 13 de março até às 17 horas do dia 16 de março. O candidato deverá ler e seguir atentamente as orientações para formalização de sua inscrição, tomando todo o cuidado com a confirmação dos dados preenchidos.

 

É importante lembrar que só será permitida a inscrição em um dos cargos. "Se o candidato realizar a inscrição e perceber que errou na escolha do cargo ou lotação, poderá, no prazo de até 24 horas, cancelá-la e efetivar nova inscrição", completa Zélia Apóstolo, ressaltando ainda a importância dos interessados lerem atentamente a todos os itens do edital.

 

Das vagas atuais e das que vierem a surgir em uma Diretoria de Educação (DEA ou DRE), 20% (vinte por cento) serão reservadas às pessoas com deficiência. Sendo assim, Fica assegurado às pessoas com deficiência o direito de inscrição na presente seleção, desde que a deficiência seja compatível com a função para a qual o candidato deseja se inscrever.

 

Já os candidatos que pretendem concorrer à lista preferencial para as unidades escolares de comunidades quilombolas ou indígenas deverá, sob as penas da lei, declarar-se como pertencente à comunidade no ato de inscrição. Caso o candidato não apresente a declaração de pertencimento ou esta não seja declarada válida pela Comissão de Avaliação, o candidato será excluído da listagem preferencial, passando a constar somente da listagem de ampla concorrência.

 

Atribuições

 

Professor de Sala de Recursos Multifuncionais terão como atividades a participação na elaboração da proposta pedagógica dos estabelecimentos de ensino; elaboração e cumprimento do plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; zelar pela aprendizagem dos alunos; cumprir os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional.

 

Os educadores deverão ainda identificar, elaborar, produzir e organizar serviços, recursos pedagógicos, de acessibilidade e estratégias considerando as necessidades específicas dos alunos público alvo da Educação Especial; elaborar e executar plano de Atendimento Educacional Especializado, avaliando a funcionalidade e a aplicabilidade dos recursos pedagógicos e de acessibilidade; organizar o tipo e o número de atendimentos aos alunos na sala de recursos multifuncionais; acompanhar a funcionalidade e a aplicabilidade dos recursos pedagógicos e de acessibilidade na sala de aula do ensino regular, bem como em outros ambientes da escola; entre outras atividades.

 

Os professores da educação fundamental menor com alunos surdos deverão exercer as mesmas atribuições com ênfase na colaboração com o professor regente em turmas com alunos surdos.

 

Fonte: Seplag

Voltar à página anterior