Página Inicial
Notícia
21/11/2017 07:36
Governo de Sergipe apoia participação dos estudantes na Paralímpiadas Escolares

por Lívia Lessa

 

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação  (Seed), através das iniciativas do Departamento de Educação Física (DEF), possibilita que 27 alunos atletas participem das Paralímpiadas Escolares.  Na manhã desta segunda-feira, 20, além dos estudantes, seis treinadores, quatro técnicos do DEF, dois atletas guias, um médico, três acompanhantes, três staffs e um fotógrafo da Assessoria de Comunicação (Ascom/Seed), totalizando 47 pessoas representando a delegação sergipana embarcaram com o destino à cidade de São Paulo.

 

As Paralímpiadas Escolares é uma competição anual, de relevância nacional, e organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, participarão do evento 944 estudantes de 12 a 17 anos de todos os Estados brasileiros. A edição de 2017 acontece de 20 a 25 de novembro. Os alunos atletas sergipanos irão competir nas seguintes modalidades: atletismo, bocha, natação e judô.

 

O professor de judô e xadrez, do Centro de Esportes do bairro Santa Maria, Neidson Mangueira, destacou que o apoio do Governo de Sergipe é de extrema importância para a valorização do desporto escolar. "Nós não trabalhamos com a deficiência e sim com a competência. Dessa maneira, mesmo com as limitações os jovens têm habilidades a serem desenvolvidas e nós professores buscamos incentivar e motivar os estudantes", disse ao salientar que a participação de competições as pessoas portadoras de deficiência aumentam a autoestima. "Nossos alunos sergipanos nas diversas modalidades contam com alto nível técnico", afirmou.

 

O estudante do Colégio Estadual Senador Leite Neto, Adriel Santos Barbosa da Silva, diz que já perdeu as contas de quantas vezes participou das Paralímpiadas Escolares. Ele já competiu no atletismo, mas quando descobriu a sua grande paixão pelo judô trocou de modalidade. "O incentivo do professor e treinador Neidson é primordial para a conquista dos bons resultados.  Quero trazer a medalha de ouro para Sergipe", declarou.

 

Expectativa

 

Ana Beatriz Santos Magewski, aluna do Colégio Estadual Garcia Rosa, conta queestá muito ansiosa para competir. "Ao longo do ano eu me preparei para encarar este desafio é a minha primeira vez nas Paralímpiadas. Estou muito feliz por representar o meu Estado", disse a nova promessa do atletismo sergipano.  A dona de casa e mãe da atleta, Maria Joelma dos Santos, afirma que é filha é motivo de orgulho. "Minha filha está superando os obstáculos e provando que na vida é possível conquistar os objetivos independente das limitações", complementou.

 

A dona de casa Rita de Cássia Paz, é deficiente visual assim como seus filhos Daniel Santos Lima e Rafael Santos Lima. Para ela, viver exige determinação e atitude.  "Sempre digo aos meninos que a deficiência não deve ser empecilho para nada, pois eles são capazes. Para mim é gratificante saber que meus filhos estão participando de um evento tão importante quanto este", declarou.

 

O jovem Daniel Santos Lima, estudante do Colégio Estadual Senador Leite Neto, irá competir no atletismo. "Estou muito feliz, é a primeira vez que participo da competição. Eu nunca viajei para tão longe e o apoio da minha mãe é de extrema importância. Como na vida, estou preparado para a vitória e derrota, mas só pelo fato de participar já considero uma grande conquista", disse. Já o seu irmão, Rafael Santos Lima, também aluno da mesma unidade escolar, irá competir na natação. "É a minha primeira vez no evento e viajando de avião. Estou contente por meu irmão me acompanhar, farei o meu melhor", adicionou.

 

A aluna do Colégio Delta, Marcela Gardênia Oliveira Lima, irá competir no atletismo. De acordo com ela, o apoio do Governo do Estado só comprova uma atenção especial para os paratletas. "Estou lisonjeada somos a menor federação do Brasil, mas a cada dia estamos trabalhando muito e conseguindo bons resultados em todas as áreas do paradesporto", finalizou. 


Clique para Ampliar
Foto: Eugênio Barreto
 
Clique para Ampliar
Foto: Eugênio Barreto
 
Clique para Ampliar
Foto: Eugênio Barreto
 
Clique para Ampliar
Foto: Eugênio Barreto
 
Clique para Ampliar
Neidson Mangueira, professor
Foto: Eugênio Barreto
 
Clique para Ampliar
Foto: Eugênio Barreto
 


Voltar